domingo, 26 de junho de 2011



Que raios de sentimentos são esses agora?
Uma avalanche de estupidez, inutilidade, fragilidade, ciúme, covardia, junto de uma tsunami de desejo, vontade, calor e coragem.
É uma coisa que eu nunca senti na vida. Nunca, jamais. No meu processo de recordação, não me deparei com nenhum troféu que possa titular esse misto de emoções.
Nunca pensei que meu corpo fosse capaz de produzir todas essas sensações simultaneamente.
Estupidez de estar ali, inutilidade de ver outrem fazer o que eu fazia, fragilidade ao sentir aquilo me tocar forte e o ciúme sempre foi autoexplicativo. Covardia é algo que já não mais fazia parte da minha essência, porém é uma sombra no meu ego, superego e id.
Desejo de reviver, vontade de sentir seu calor... Coragem, ao tirar minha mão do carinho da sua, porque eu sei... isso só traria mais sofrimento para todo mundo. Eu não suportaria te ver chorar de novo. Eu não suportaria te ver ir de novo. Eu não sobreviveria a tudo de novo. Não te faria bem, não me faria bem.
Controle... foi preciso muito controle. E isso é o engraçado de tudo: eu sempre tive o controle de tudo, mas não mais. Engraçado? Um masoquista talvez concorde comigo.
Se me perguntar amanhã se acaso eu me lembro de alguma fala, algum sorriso, algum olhar prolongado, vou te dizer que não. Minha mente, de tão bem treinada, quando adormecer dentro de pouco vai fazer questão de embaçar tudo. E o tudo vai se tornar uma data.
Uma data festiva, porém com seus poréns. Foi bom e ... médio. Fico feliz que não tenha beirado ao "ruim".
No final o nada, que foi tudo, e que ficou, vai virar saudade, elevar-se-á ao status de lembrança, vai cair na minha memória e eu só reativarei quando eu quiser me torturar. O que eu tenho feito muito, ultimamente.
Enfim, a maioria pensa que não doeu, mas só eu sei o quanto que  a casquinha do machucado está coçando.

2 comentários:

  1. Tem coisas que mesmo tendo consciência, constinuam " coisando" , rs. Mas melhor assim, desse jeito da pra saber melhor onde dói, e tudo mais. Vc escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  2. O seu blog é fantástico! Ainda não consegui formar uma opinião completa sobre si... Ainda não li tudo, mas do que li, está óptimo!!! Muitos parabéns e, obrigado por partilhar connosco a sua arte!
    Se me permitir gostaria imenso de seguir o seu blog.
    Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir